Histórico dos cursos

  • A Fundação Valeparaibana de Ensino - FVE, mantenedora da UNIVAP, demonstra experiência e tradição na criação e manutenção de estabelecimentos de Ensino Superior, cujo início se deu em 1954 com a criação da Faculdade de Direito. Acompanhando o desenvolvimento do município, foi criado em 1961 a Faculdade de Ciências Econômicas; em 1966 a Faculdade de Ciências Humanas; em 1967 a Faculdade de Engenharia; em 1969 a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo e Serviço Social. Como decorrência natural, na década de 1960 as matrículas na FVE cresceram quase 700%, com as vagas passando de 200 para 1.350. Essas Faculdades isoladas se transformaram em 1981 nas Faculdades Integradas e, em 1992, o Ministério da Educação autorizou a sua transformação em uma Universidade - a UNIVAP. Hoje, a Universidade congrega mais de 40 cursos de graduação, mestrado e doutorado.

    Esta seção do site tem como objetivo fornecer um breve resumo do histórico dos cursos da UNIVAP, informando as portarias de autorização do funcionamento e reconhecimento dos cursos.
  • Educação e Artes
  • Artes Visuais, Ciências Biológicas, Educação Física, Geografia, História, Pedagogia, Psicologia, Química
    Artes Visuais: Com o objetivo de habilitar o profissional à pesquisa, produção e crítica na área dos saberes das Artes, o curso de licenciatura em Artes Visuais foi aprovado pela Portaria 286/12 em 27 de Dezembro de 2012.

    Ciências Biológicas (Licenciatura/Bacharelado/Mestrado): O curso de licenciatura em Ciências Biológicas foi criado na UNIVAP em 1992 conforme Resolução 03/CUN/1992 e reconhecido em 26 de setembro de 1997 por meio da Portaria nº 1038 do MEC e com renovação do Reconhecimento através da Portaria do MEC 4.327/04 DOU 24/12/04. O curso esteve vinculado ao Instituto de Ciências Biológicas e da Saúde (ICBS) até 1998 quando passou a fazer parte da Faculdade de Educação para melhor cumprir os seus objetivos de formação de professores. O curso de Ciências Biológicas bacharelado teve início em 2001 e atualmente é oferecido no turno matutino e noturno no Campus Urbanova. O programa de mestrado em Ciências Biológicas (PPGCB) da Universidade do Vale do Paraíba/Univap foi credenciado pela CAPES em 2010.

    Educação Física: Para atender uma demanda na região que, até a década de 1990, necessitava ir para outros municípios para fazer um curso de Educação Física, a FVE ofertou o curso de Educação Física pela aprovação de funcionamento pela Resolução 02/CUN/1993. Posteriormente, o curso foi reconhecido pela Portaria SERES 823/14 e DOU 02 de Janeiro de 2015.

    Geografia: Centro dinâmico na região do Vale do Paraíba, a cidade de SJC necessitava de um curso que estudasse a produção e organização do espaço e suas relações com as práticas humanas. Assim, o curso de Geografia foi aprovado para funcionamento pela Portaria 98.132/89 de 13 de setembro de 1989. Posteriormente, o curso foi reconhecido pela Portaria 40, Art 63 e DOU de 13 de dezembro de 2007.

    História, Letras e Pedagogia: A criação desses cursos se deu com o surgimento da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de São José dos Campos, mantida pela Fundação Valeparaibana de Ensino (FVE), em 1967, situada a Rua Paraibuna nas dependências do antigo sanatório Vila Samaritana. Em janeiro de 1967, tomou posse como primeiro diretor da Faculdade o Prof. Dr. Moacyr Benedicto de Souza, que já ministrava aulas na Faculdade de Direito e na de Economia, também mantidas pela FVE. Os cursos de História, Letras e Pedagogia foram autorizados para funcionamento pela Portaria 60.554 de 1967 e cinco anos depois os cursos seriam reconhecidos pelo Decreto 70.360 de 4 de Abril de 1972.

    Psicologia: Abrangendo uma proposta de ensino crítico e contemporâneo, alinhado com diretrizes étnicas, técnicas e debates atualizados na área, o curso de Psicologia da Faculdade de Educação e Artes da UNIVAP foi autorizado pelo MEC, conforme Portaria 463 de 09 de setembro de 2016 e publicado no DOU em 12 de setembro de 2016.

    Química: Conhecida por seu polo tecnológico e grande parque industrial, com presença no campo da química, a cidade necessitava de um curso voltado para a área química. Assim, a Univap passou a ofertar o curso no final da década de 1990, sendo reconhecido pela Resolução 09/CIUS/00 de 01 de setembro de 2000.
  • Engenharias, Arquitetura e Urbanismo
  • Arquitetura e Urbanismo, Engenharia Aeronáutica e Espaço, Engenharia Ambiental e Sanitária, Engenharia Biomédica, Engenharia Civil, Engenharia da Computação, Engenharia de Produção, Engenharia Elétrica, Engenharia Química

    Arquitetura e Urbanismo: A Faculdade de Arquitetura e Urbanismo 'Elmano Ferreira Veloso' teve seu funcionamento autorizado pelo Decreto 66.024 em 30 de Dezembro de 1969. A Faculdade começou a funcionar após o parecer do MEC, sendo a primeira escola particular de Arquitetura e Urbanismo funcionando no Estado de São Paulo após a reforma de 1968. Ela fazia parte da Faculdade de Ciências Exatas e Tecnologia, uma unidade das Faculdades Integradas de São José dos Campos. Através do Parecer 2108/76 a Faculdade foi suspensa e reaberta pela Portaria 086/91 em 30 de Janeiro de 1991, fazendo parte da FEAU - Faculdade de Engenharias, Arquitetura e Urbanismo.

    Engenharia Aeronáutica e Ambiental: Os cursos de Engenharia Aeroespacial e Engenharia Ambiental foram autorizados para funcionamento pela Resolução 05/CIUS/1999 de 23 de setembro de 1999. Posteriormente os cursos foram reformulados para Engenharia Aeronáutica e Espaço e Engenharia Ambiental e Sanitária, ambos reconhecidos pela Portaria SERES 1096/15 e DOU de 30 de dezembro de 2015.

    Engenharia Biomédica: O programa de Engenharia Biomédica da Univap foi estabelecido em 1993 para formar profissionais de alto nível visando a sua atuação na área da Saúde.  O curso de bacharelado foi reconhecido pela Resolução 07/CIUS/1999. Recentemente, o curso foi reconhecido pela Portaria SERES 284/16 e DOU de 4 de Julho de 2016.

    Engenharia Civil e Elétrica: A Faculdade de Engenharia foi criada pelo Parecer 380/67, e os cursos de Engenharia Civil e Elétrica foram autorizados pela Portaria 62.631/68 de 30 de abril de 1968.Suas atividades tiveram início no ano de 1968 nas dependências do extinto Sanatório Vila Samaritana, cedido pela prefeitura no ano de 1968, no campus da Paraibuna da Univap. Em 1969 foi criada a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo que mais tarde, no ano de 1983, foi incorporada à Faculdade de Engenharias tornando-se assim Faculdade de Engenharias, Arquitetura e Urbanismo.

    Engenharia da Computação: Com o objetivo de formar profissionais capacitados para atuação na automoção industrial e diversas áreas da tecnologia da informação, o curso de Engenharia da Computação foi autorizado pela Resolução 02/CIUS/1999 em 23 de Junho de 1999. Posteriormente, o curso foi reconhecido pela Portaria Norm. MEC 40, Art. 63, e DOU de 29 de Dezembro de 2010.

    Engenharia de Produção:  Para formar profissionais voltados para o desenvolvimento de melhorias em sistemas produtivos industriais, a UNIVAP criou o curso de Engenharia da Produção, que foi autorizado pela Resolução nº4/CIUS/2014. Sendo oferecido a partir de 2015, o curso foi estruturado a partir de consultas com empregadores, alunos já formados pela Universidade, professores, análises comparativas com outras universidades e levando em consideração os requisitos do MEC e ABEPRO.

    Engenharia Química: Capacitado para atuar em todos os setores da indústria, gerenciar e pesquisar processos de transformação, o curso de Engenharia Química da UNIVAP é voltado para uma formação generalista. O curso foi autorizado pela Resolução 02/CIUS/07 de 21 de setembro de 2007. Recentemente, o curso foi reconhecido pela Portaria SERES 1096/15 e DOU de 30 de dezembro de 2015.

  • Ciências da Saúde
  • Biomedicina, Enfermagem, Estética, Fisioterapia, Nutrição, Odontologia e Serviço Social
    Biomedicina: Buscando contribuir para o crescente interesse pelas questões voltadas à saúde e a necessidade de biomédicos qualificados e capazes para ações de promoção, prevenção, proteção e reabilitação da saúde, o curso de Biomedicina da Univap obteve seu reconhecimento pelo MEC em 2011, através da Portaria nº266 de 19 de Julho de 2011 e pela Resolução nº0013 do CIUS/04.

    Enfermagem, Fisioterapia e Terapia Ocupacional: Buscando formar profissionais com olhar crítico, humanista, reflexivo e transformador para atuar nos diversos processos de gerenciamento, atenção e cuidado para propiciar melhora nas condições de saúde da população, a Univap criou esses três cursos, que foram aprovados para funcionamento pela Resolução 01/CUN/97. Posteriormente, os cursos de Enfermagem e Fisioterapia foram reconhecidos pela Portaria Norm. MEC 40, Art. 663 e DOU de 29 de dezembro de 2010.

    Estética: Primeiro curso de bacharel em estética da região, atendendo uma demanda para uma educação em excelência na formação de profissionais das áreas de saúde, beleza e bem-estar, o curso de Estética foi autorizado pela Resolução nº17/CONSUN em 2016.

    Nutrição: Visando a segurança alimentar e atenção dietética, sendo fundamentais para a promoção, manutenção e recuperação de saúde e prevenção de doenças, o curso de Nutrição foi autorizado pela Resolução 11/CIUS/04 de 09 de agosto de 2004. Posteriormente o curso foi reconhecido pela Portaria Norm. MEC 40, Art. 63 e DOU de 29 de dezembro de 2010.

    Odontologia: Capacitando profissionais para o exercício das atividades em saúde bucal, o curso de Odontologia foi aprovado para funcionamento pela Resolução 02/CUN/93 de 22 de setembro de 1993. 

    Serviço Social: O curso de Serviço Social foi autorizado para funcionamento em 1969 pela Portaria 64.195/69 e com o nome de ‘Faculdade de Serviço Social Ministro Tarso Dutra’, e a aula inaugural ministrada pelo Professor Titular Geraldo Vilhena de Almeida Paiva. Posteriormente, quando da integração das diversas Faculdades da FVE em Faculdades Integradas, a Faculdade de Serviço Social Ministro Tarso Dutra passou a ser o Departamento de Serviço Social da Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas e com a criação da Universidade, tornou-se uma Coordenadoria de Serviço Social da FCSA e em 2008 essa coordenadoria foi transferida para a Faculdade de Ciências da Saúde.
  • Sociais Aplicadas e Comunicação
  • Administração, Design de Moda, Jornalismo, Gastronomia, Publicidade e Propaganda e Rádio e TV
    Administração: Estimulando o aluno para desenvolver habilidades para liderança,  trabalho em equipe, competências comunicativas e elaboração de projetos, o curso de Administração foi aprovado pela Resolução 03/CUN/92. Recentemente o curso foi reconhecido pela Portaria SERES 272/17 e DOU de 4 de abril de 2017.

    Design de Moda: Com o objetivo de formar profissionais com conhecimentos teóricos e práticos para desenvolver projetos em nível comercial e conceitual, o curso de Moda foi autorizado pela Resolução 12/CIUS/05 de 30 de Agosto de 2005. Recentemente, o curso foi reconhecido pela Portaria SERES 835/16 e DOU de 19 de dezembro de 2016.

    Jornalismo e Publicidade: Os cursos de Jornalismo e Publicidade foram reconhecidos pela Portaria 4.327/04, e DOU de 24 de Dezembro de 2004, com o objetivo de formar profissionais para o mercado de trabalho regional e nacional, buscando enfatizar o diálogo com os cursos de Publicidade ,Rádio e TV, Moda e Administração, produzindo conteúdo para televisão, mídia impressa e redes sociais. 

    Gastronomia: O curso Superior de Tecnologia em Gastronomia foi criado em 2007 pela Resolução nº4/CIUS/07 e foi reconhecido pelo MEC através da Portaria nº164/13. Capacitado para assumir funções operacionais e de coordenação nas diferentes fases de produção alimentícia, a grade aborda diferentes aspectos sociais, econômicos e culturais para difundir e promover a gastronomia.

    Rádio e TV: Com conhecimento para atender a contextualização regional e as relações existentes, o profissional da Rádio e TV é preparado para atuar em diversas funções audiovisuais. O curso de Rádio e TV foi autorizado para funcionamento pela Resolução 14/CIUS/04 de 9 de Agosto de 2004. Recentemente, o curso foi reconhecido pela Portaria Norm MEC 40, Art. 63 e DOU de 29 de Dezembro de 2010.  

  • Outros cursos:
  • Desde o seu início em 1954, a FVE, mantenedora das Faculdades Integradas, teve diversos cursos em sua grade. Por serem atualmente desatualizados ou não formarem turmas, segue abaixo uma lista de outros cursos da UNIVAP que atualmente não estão em funcionamento:

    Ciências Sociais e Letras: Os cursos de Ciências Sociais e Letras foram autorizados para funcionamento Decreto nº60.554 de 07 de abril de 1967, e reconhecido pelo Decreto nº70.360 de 04 de abril de 1972. Os cursos foram decorrentes do Parecer  nº752/71 - CFE, com 200 vagas anuais para Letras e 100 vagas anuais para Ciências Sociais.

    Ciências Econômicas: O curso de Ciências Econômicas foi autorizado pelo Parecer 137/61 e Decreto nº50.484/61, reconhecidos pelo Parecer 987/67 e Decreto nº62.147/68 com 200 vagas anuais. 

    Física e Matemática: Os cursos de Física e Matemática foram autorizados pela Resolução 03/CUN/1992. Posteriormente, os cursos foram reconhecidos pela Portaria 9154/97 de 06 de agosto de 1997.

  •  Abaixo, estão algumas listas do Acervo do CEHVAP contendo as datas e números dos atos de reconhecimento e autorização dos cursos, assim como publicações do Diário Oficial contendo o reconhecimento das Faculdades.

    É necessário atenção ao fato de que o MEC/CEF precisa atualizar o reconhecimento do curso depois de um determinado número de anos, por isso, alguns cursos tem diferentes datas de reconhecimento. Por exemplo, o curso de Direito foi reconhecido pela Portaria 44.765 de 1958; no entanto, também é possível encontrar nos documentos outro reconhecimento do ano de 2007.  As listas que contém os números de autorização e reconhecimento de cursos foram retiradas de editais, manuais, processos de reconhecimento e do Acervo histórico do CEHVAP.