Engenharia Elétrica


  • O curso de graduação em Engenharia Elétrica da UNIVAP tem formado, desde 1974, profissionais capacitados para exercerem as suas atividades nas áreas de eletrônica, sistemas de energia elétrica, sistemas de controle e automação industrial e telecomunicações. 

    O currículo do curso inicia com disciplinas básicas e de formação sólida em matemática, física, química e computação. A formação profissionalizante tem início no terceiro ano e envolve disciplinas que abordam conteúdos de eletrônica analógica, eletrônica digital, microeletrônica, geração/transmissão/distribuição de energia elétrica, redes elétricas inteligentes, fontes alternativas e renováveis de energia, eletrônica de potência, instalações elétricas prediais e industriais, microcontroladores e sistemas embarcados, sistemas de controle e automação industrial, robótica, modelagem e simulação computacional, internet das coisas (IoT), processamento de sinais e telecomunicações. Existem também as disciplinas de Projeto em Engenharia Elétrica, que visam contribuir na formação de um engenheiro empreendedor, capaz de resolver problemas tecnológicos aplicados a elétrica-eletrônica e de trabalhar em equipes multidisciplinares. 

    Habilitações: Engenheiro Eletricista
    Carga Horária: 3840 horas (em no mínimo 5 anos)


  • Perfil do Egresso
  • Os egressos do curso de Engenharia Elétrica da UNIVAP deverão ter uma sólida formação técnico-científica e profissional geral que os capacitem a absorver e desenvolver novas tecnologias, ao de associarem os conhecimentos de várias especialidades diferentes, de atuarem crítica, reflexiva e criativamente na identificação e resolução de problemas, de proporem e avaliarem intervenções eficientes que fomentem o desenvolvimento de tecnologias sustentáveis, considerando seus aspectos técnicos, científicos, políticos, econômicos, sociais, ambientais e culturais, com visão ética e humanista. Profissionalmente o Engenheiro Eletricista formado na UNIVAP deve ser capaz de:

    • Aplicar os conhecimentos das ciências básicas, profissionalizantes, científicas e tecnológicas, na solução de problemas e na compreensão dos fenômenos relacionados à Engenharia Elétrica; 
    • Elaborar projetos de equipamentos eletrônicos, de sistemas de medição e instrumentação eletroeletrônica, sistemas de controle e automação, sistemas eletrônicos embarcados e de instalações elétricas residenciais, comerciais e industriais;
    • Supervisionar e avaliar criticamente a operação e manutenção de equipamentos e sistemas elétricos e eletrônicos;
    • Elaborar projetos e estudos de conservação e de eficientização de energia e utilização de fontes alternativas e renováveis;
    • Coordenar e supervisionar equipes de trabalho, realizar estudos de viabilidade técnico-econômica e o impacto dos mesmos na sociedade e no meio ambiente, executar e fiscalizar obras e serviços técnicos, efetuar vistorias, perícias e avaliações, emitindo laudos e pareceres.
  • Mercado de Trabalho
  • Atualmente há uma crescente demanda por profissionais da área de Engenharia Elétrica e o mercado de trabalho encontra-se em expansão, impulsionado pelas obras de infraestrutura de empresas estatais e privadas geradoras, transmissoras ou distribuidoras de energia elétrica e sua conversão para as redes elétricas inteligentes, pelos investimentos em energia renovável, pela expansão da área de telecomunicações e, principalmente, pela recente chegada da manufatura avançada, mais conhecida como quarta revolução industrial (Indústria 4.0). A manufatura avançada vai exigir dos Engenheiros Eletricistas uma maior capacidade de aprendizagem multidisciplinar, flexibilidade e habilidade para convergir entre eletrônica, sistemas automatizados e a tecnologia da informação. O mercado de trabalho também oferece oportunidades em centros de pesquisa e universidades, em empresas de consultoria, agências governamentais, bem como em áreas multidisciplinares da indústria aeronáutica, automobilística, química, farmacêutica, siderúrgica, espacial, defesa, exploração de petróleo, tecnologia da informação, bem como no setor médico-hospitalar, no agronegócio e na construção civil.
  • Área de Atuação
  • O curso de Engenharia Elétrica prepara o profissional para atuar em diferentes áreas. As principais são:

    • Eletroeletrônica e microeletrônica: Indústrias voltadas ao desenvolvimento, projeto e manufatura de materiais, componentes, dispositivos e equipamentos eletroeletrônicos, eletromecânicos, magnéticos, de potência, de instrumentação, sensores e atuadores de transmissão e recepção de dados e de eletrônica embarcada.
    • Eletrotécnica: Projeto, análise, operação e manutenção de sistemas de potência elétrica em empresas geradoras, transmissoras, distribuidoras e conversoras de energia elétrica. Projetos e estudos de geração distribuída, sistemas de co-geração, micro-geração e de eficientização energética com base nas fontes alternativas e renováveis de energia. Empresas de máquinas elétricas e acionamentos industriais. Projetos de instalações elétricas residenciais, comerciais e industriais.
    • Controle e Automação: Empresas de instalação ou desenvolvimento de sistemas automatizados para controle de máquinas, processos industriais, manufatura, células robotizadas, manipuladores, controle embarcado e automação de serviços.
    • Telecomunicações: Planejamento, projeto, operação e manutenção de sistemas de telefonia e de transmissão de dados. Produção de dispositivos e equipamentos de telecomunicações. Atuação em empresas fornecedoras de serviços de telecomunicações, tais como em telefonia móvel, internet e TV digital.
    • Construção Civil: Dimensionamento de projetos elétricos em construções residenciais e edifícios comerciais e públicos, bem como em obras de infraestrutura e mobilidade urbana, tais como em metrôs, portos, ferrovias, rodovias, aeroportos, etc. 
    • Serviços: Execução e fiscalização de obras e serviços técnicos, realizando vistorias, perícias e avaliações, emitindo laudos e pareceres. Atuação em empresas de consultoria. Assessoria em estudos de viabilidade técnica-econômica. Vendas e atendimento ao consumidor.
    • Centros de Pesquisa e Universidades: Atividades de projeto, pesquisa e inovação de equipamentos e dispositivos eletroeletrônicos visando o desenvolvimento científico e a modernização do sistema produtivo nacional.
  • Carga Horária

    72

    36

    60

    60

    72

    72

    72

    72

    72

    72

    36

    36

    36

    36

    36

    72

    72

    72

    72

    72

    72

    72

    72

    72

    72

    72

    72

    400

    36

    72

    36

    72

    36

    72

    36

    36

    36

    36

    72

    36

    72

    36

    72

    72

    72

    36

    36

    36

    36

    36

    36

    36

    36

    36

    36

    72

    72

    72

    72

    36

    72

    72

    72

    72

    72

    100

    100

    72

    72

  •