Engenharia Biomédica


  • O Curso de Graduação em Engenharia Biomédica da UNIVAP reúne os princípios das ciências exatas, das engenharias (elétrica, computação, materiais) e da saúde (biologia, medicina, fisioterapia, enfermagem), visando formar um profissional com visão generalista aplicando seus conhecimentos para desenvolver tecnologia inovadora, aplicadas na prevenção de doenças e na otimização de sistemas e processos diagnósticos e terapêuticos, de forma a contribuir com o desenvolvimento científico/tecnológico e produtivo junto à empresas, hospitais, centros de pesquisa e universidades, tendo como objetivo maior a melhoria da qualidade de vida da população.

    Habilitação: Engenheiro Biomédico
    Carga horária: 3.840 horas (no mínimo em 5 anos)



  • Perfil do Egresso
  • O Perfil profissional para o Engenheiro Biomédico formado na UNIVAP é o de um Engenheiro com formação generalista, tecno-humanista, crítica e reflexiva, capacitado a atuar em todos os níveis da interface Engenharia/Saúde, com base no rigor científico e intelectual. Um profissional que detém uma visão ampla, global e interdisciplinar, respeitando os princípios éticos/bioéticos, e culturais do indivíduo e da coletividade, que tenha a dimensão da evolução socioeconômica e biológica do homem, provocada pelo avanço tecnológico, além do domínio de técnicas e sistemas. Capaz de ter como objeto de estudo a tecnologia em todas as suas formas de expressão e potencialidades para a promoção da saúde, quer nas tecnologias básicas provendo facilidades e otimizando sistemas e processos já existentes, quer nas tecnologias de ponta, incorporando novos conceitos da pesquisa aplicados aos processos diagnósticos, terapêuticos e de infraestrutura.
  • Mercado de Trabalho
  • A interface entre Engenharia e Saúde constitui atualmente um dos campos de trabalho de maior expansão, tanto no âmbito nacional como mundial, exigindo a formação de um profissional qualificado que domine diversas áreas do conhecimento e possibilitando o desenvolvimento de projetos em: Tecnologia Assistiva, Aquisição e Processamento de Sinais, Desenvolvimento de Biomateriais, Instrumentação Biomédica, Técnicas de Diagnóstico e Tratamento, Processos de Desinfecção e Esterilização, Instrumentação Laboratorial aplicada a Fisiologia, Farmacologia e Biologia, Calibração e Aferição de Equipamentos, Gestão e Racionalização de Recursos, entre outros, assegurando assim maior inserção ao profissional formado na área.
  • Área de Atuação
  • O curso de Engenharia Biomédica prepara o profissional de forma que este possa exercer suas atividades no ambiente Médico-hospitalar, em Empresas de produtos médicos e correlatos e também em Centros de Pesquisa e Universidades, conforme descrição abaixo.

    Na área Médico-Hospitalar este profissional está capacitado a:
    Elaborar especificações de componentes e sistemas necessários ao ambiente clínico-hospitalar;
    Analisar propostas de empresas e firmas, gerando pareceres técnicos em linguagem médica de maneira que todos os processos de licitações possam ser acompanhados e avaliados plenamente pelas equipes médicas;
    Preparar e administrar cursos de treinamentos para o pessoal que irá utilizar novos equipamentos, de maneira estes possam ser utilizados na sua capacitação máxima observando todos os preceitos de segurança;
    Desenvolver, organizar e gerenciar processos de manutenção preventiva e corretiva incluindo calibração e aferição de equipamentos;
    Proceder adaptações e/ou modificações em sistemas existentes para melhorar sua operacionalidade;
    Treinamento de pessoal para utilização de equipamentos e sistemas.
    Orientar o desenvolvimento de atividades no interior de ambientes clínico-hospitalar, respeitando normas de segurança (bioelétrica) destes ambientes;
    Realizar intervenções nos equipamentos e sistemas que se encontram dentro de ambientes restritos;
    Desenvolver projetos para melhoria do assepsia dos ambientes, assim como estabelecer uma metodologia para avaliação e controle da qualidade destes ambientes; 
    Gerenciar a compra de equipamentos e sistemas de diagnóstico e terapia, avaliando sob o ponto de vista médico e de engenharia, a relação custo benefício de cada equipamento ou sistema.
    Constituir sua própria empresa visando o desenvolvimento e comercialização de equipamentos médico-hospitalares;

    Na área empresarial o Engenheiro Biomédico poderá:
    Constituir sua própria empresa para prestação de serviços de assessoria, avaliando e especificando equipamentos médico-hospitalares;
    Constituir sua própria empresa para serviços de manutenção, aferição e calibração em equipamentos médico-hospitalares;
    Constituir sua própria empresa para prestar assessoria técnica na área de gestão em biossegurança e resíduos hospitalares.

    Em Centros de Pesquisa e Universidades o Engenheiro Biomédico poderá:
    Desenvolver projetos relacionados a equipamentos e sistemas biomédicos;
    Desenvolver novos sistemas diagnósticos e terapêuticos;
    Desenvolver novas órteses e próteses a partir de novos biomateriais;
    Estudar respostas fisiológicas e definir parâmetros dosimétricos de radiação Ionizante e Não Ionizante; 
    Praticar a docência nas áreas de Engenharia e Saúde.

  •