218ª Edição - Ano VII
De 29 julho a 11 de agosto/2014
 

 
Ex-aluna do Ciência Sem Fronteiras Participa de Solenidade em Brasília

 
A ex-aluna do curso de Biomedicina da Faculdade de Ciências da Saúde (FCS) da Univap, Geisa Nogueira Salles, foi convidada pelo Palácio do Planalto em Brasília, para participar da cerimônia de lançamento da segunda etapa do programa Ciência sem Fronteiras, em que o governo federal irá oferecer 100 mil novas bolsas de estudo no exterior para estudantes brasileiros.
O anúncio da concessão das bolsas foi feito dia 25 de junho, durante a solenidade no Palácio do Planalto, pela presidente Dilma Rousseff. O Programa “Ciência sem Fronteiras 2.0” entrará em vigor a partir de 2015.
A ex-aluna da Univap foi selecionada pelo Programa Ciência sem Fronteiras do CNPq/CAPES, na modalidade graduação sanduíche (SWG), para estudar durante 1 ano na University of Ulster (Irlanda do Norte).

Participe do Programa Ciência sem Fronteiras do CNPq

O Coordenador do Programa Ciência sem Fronteiras do CNPq junto à Univap, Prof. Dr. Alan Prestes, comunica a todos os estudantes de graduação da Universidade que o programa Ciência sem Fronteiras (CsF) publicou no dia 15/08/2014, novas chamadas para concessão de bolsas de graduação sanduíche refente a Etapa 1 do programa Ciência sem Fronteiras para os seguintes países:

Número Chamada País Parceiro
179 Polônia CRASP
180 EUA IIE
181 Alemanha DAAD
182 França Campus France
183 Itália UNIBO
184 Austrália ATN
185 Austrália Go8
186 Bélgica VLHUR
187 Bélgica ARES
188 Canadá CBIE
189 Canadá CALDO
190 Coréia do Sul KFPP
191 Espanha Universidad.es
192 Finlândia CIMO
193 Holanda NUFFIC
194 Nova Zelândia UNZ
195 Reino Unido UUK
196 EUA NOVA
197 Suécia SWE
198 Noruega CNCIE
199 Irlanda HEA
200 China CSC
201 Hungria HRC
202 Japão JASSO
203 Áustria OeAD
204 Canadá CIC

Informações adicionais, como os requisitos que devem sem cumpridos, poderão ser encontradas no site do programa: http://www.cienciasemfronteiras.gov.br/web/csf/instrucoes, e nos respectivos editais para cada país.
Ciência sem Fronteiras é um programa que busca promover a consolidação, expansão e internacionalização da ciência e tecnologia, da inovação e da competitividade brasileira por meio do intercâmbio e da mobilidade internacional. A iniciativa é fruto de esforço conjunto dos Ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e do Ministério da Educação (MEC), por meio de suas respectivas instituições de fomento − CNPq e Capes −, e Secretarias de Ensino Superior e de Ensino Tecnológico do MEC.
As áreas prioritárias do programa são: Engenharias e demais áreas tecnológicas; Ciências Exatas e da Terra; Energias Renováveis; Tecnologia Mineral; Formação de Tecnólogos; Biotecnologia; Petróleo, Gás e Carvão Mineral; Nanotecnologia e Novos Materiais; Produção Agrícola Sustentável; Tecnologias de Prevenção e Mitigação de Desastres Naturais; Fármacos; Biodiversidade e Bioprospecção; Tecnologia Aeroespacial; Ciências do Mar; Computação e Tecnologias da Informação; Indústria Criativa (voltada a produtos e processos para desenvolvimento tecnológico e inovação); Novas Tecnologias de Engenharia Construtiva; Biologia, Ciências Biomédicas e da Saúde.
Os benefícios concedidos pelo Programa Ciências sem Fronteiras são: Mensalidade de bolsa; Auxílio-Instalação; Passagens aéreas e Seguro Saúde.
Para as novas Chamadas de graduação sanduíche o candidato deverá possuir nota do ENEM igual ou acima de 600, em teste realizado após 2009.
Caso o candidato venha a se inscrever em mais de um país, a única candidatura a ser considerada será a última delas, sendo todas as demais automaticamente canceladas.
Estudantes que já usufruiram da bolsa SWG não poderão ser contemplados novamente, mesmo após cumprimento do interstício exigido pela CAPES/CNPq.
Esclarecimentos sobre este programa na Univap poderão ser obtidos pelo e-mail: prestes@univap.br, ou diretamente no Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento (IP&D), no Campus Urbanova.

Fontes: Coordenador do Programa na Univap e www.cienciassemfronteiras.gov.br

  << Voltar