200ª Edição - Ano VI
De 16 a 30 de setembro/2013
 

 
Desenvolvimento de Veículos Terrestres e Aéreos na Univap
Robôs e Drones


O Prof. Alessandro mostra o equipamento desenvolvido
 
Um tema que tem sido muito discutido atualmente é o Drone - Veículo Aéreo Não Tripulado (VANT) ou Veículo Aéreo Remotamente Pilotado (VARP), também chamado UAV (do inglês Unmanned Aerial Vehicle) e mais conhecido como Drone (zangão, em inglês). Trata-se de todo e qualquer tipo de aeronave que não necessita de pilotos embarcados para ser guiada e que tem mudado a forma de realizar tarefas que antes exigiam um alto custo e riscos humanos. O tema veio à tona quando os Estados Unidos divulgaram que estavam utilizando Drones no Afeganistão para cumprir missões militares. Nessa missão, era possível controlar o voo do Drone no Afeganistão sem sair dos Estados Unidos, por intermédio de uma sala de controle (Esses aviões são controlados a distância por meios eletrônicos e computacionais, sob a supervisão de pessoas ou sem a sua intervenção, por meio de um piloto automático).
Recentemente, algumas renomadas revistas e jornais (Veja, IstoÉ e Folha) utilizam-se de drones para alavancar suas reportagens e mostrá-las em tempo real. Nos exemplos acima, existem Drones totalmente autônomos (militares) e Drones controlados manualmente (vendidos nas lojas). Ambos possuem um "cérebro" que tem como tarefa gerenciar um voo estável e, no caso do autônomo, além disso, cumprir uma missão de forma autônoma ou controlada.
Abaixo algumas áreas do Campus Urbanova da Univap, em São José dos Campos.

Faculdade de Engenharias,
Arquitetura e Urbanismo
 
Instituto de Pesquisa e
Desenvolvimento (IP&D)
 
Faculdade de Ciências da Saúde
(Blocos 7 e 9) e uma das Cantinas

Apesar de ser muito difundido e atualmente existir até facilidade de acesso ao modelo (civil), os algoritmos embarcados nesses equipamentos são pouco conhecidos.
Há três anos, na Univap, o Prof. Esp. Alessandro Corrêa Mendes, da Faculdade de Engenharias, Arquitetura e Urbanismo (Feau) que ministra aulas nos cursos de Engenharia Elétrica/Eletrônica e de Engenharia de Computação, vem desenvolvendo um trabalho nessa área, em que o foco é "cérebro" desses Drones. Trabalha com algoritmos que dão "vida" a esses equipamentos, para que possam realizar tarefas autônomas e se comunicar com a Estação-Solo para o envio de imagens e dados de voo em tempo real. Devido a esse trabalho foi possível montar e criar um Drone totalmente autônomo na Universidade, realizando tarefas de captação de imagens dentro do Campus Urbanova.

Observatório de Astronomia e Física Espacial
 
Vista parcial do Parque Tecnológico Univap e
Núcleo de Atendimento ao Estudante

Esse trabalho vem proporcionando também aos alunos dos cursos de Engenharias (Elétrica/Eletrônica e Computação) o acesso a essa tecnologia e a implementação de tarefas autônomas em Robôs Terrestres ou Aéreos, construídos pelos alunos na disciplina de Sistemas Robóticos, recentemente apresentados à comunidade joseense, por intermédio da 1ª Expo Robótica, realizada dia 24 de agosto, das 9h às 13h, na Loja Tarzan Componentes Eletrônicos, região central do município, registrada no Informativo Diálogo da Univap (Edição 197).

Outras imagens captadas pelo Drone:

   


   


   


   


   


   


   


   


   


   


   


   


 


 


  << Voltar