188ª Edição - Ano V
De 11 de março a 7 de abril/2013
 

 
Programa Ciência sem Fronteiras
Mais Duas Alunas da Univap no Exterior


As alunas Vitória Tonini Porto Ferreira, 21 anos, do 5º período semestral (3º ano) do curso de Farmácia e Renata Cristina Nascimento dos Santos, 24 anos, do 7º período semestral (4º ano) do curso de Fisioterapia da Faculdade de Ciências da Saúde (FCS), foram selecionadas pelo Programa Ciência sem Fronteiras do CNPq/Capes na modalidade graduação sanduíche (SWG) e vão estudar durante 12 meses (um ano) fora do País.

Vitória e a Profª Drª Andreza Ribeiro Simioni
do curso de Farmácia
 
Prof. Dr. Mário Oliveira Lima, Coordenador da
Fisioterapia e a aluna Renata

As duas alunas vão para a Austrália, Vitória para a University of Sydney e Renata para University of Western Austrália.
As estudantes durante o período que estiverem fora do Brasil receberão como benefícios: mensalidade de bolsa; auxílio-instalação; passagens aéreas e seguro saúde.
Em entrevista ao Informativo Diálogo, as estudantes da Universidade falam de suas expectativas e projetos.

Informativo Diálogo: Quais são as expectativas em relação à nova experiência?

Vitória: A maior expectativa é a oportunidade de crescimento acadêmico por meio da experiência em pesquisa, do ensino e da vivência internacional em uma universidade de renome.

Renata: Conhecimento! Saber como funciona a fisioterapia, área que sou apaixonada, em uma das melhores universidades; como segue a pesquisa no país e aproveitar um pouco da cultura em si.

Informativo Diálogo: Como vocês entendem essa iniciativa do governo federal em parcerias com as universidades brasileiras?

Vitória: Acredito na proposta do programa, acho uma inteligente maneira de se investir no futuro. Desenvolver a pesquisa no Brasil é fundamental para o crescimento e desenvolvimento do país em vários aspectos e o quanto isso representa para o aluno é indiscutível.

Renata: Um ótimo investimento para o desenvolvimento do País destacando a área de pesquisa que pode ser aperfeiçoada.

Informativo Diálogo: Quais foram as orientações que professores/coordenadores da Universidade passaram a vocês?

Vitória: Além da divulgação e orientação por parte de diretores, coordenadores e professores sobre o que é o programa e seu objetivo, sempre fui assistida por estes para tirar dúvidas e consultar opiniões.

Renata: Tive conhecimento do programa fora da universidade, o que foi uma pena, pois poderia ter pleiteado a bolsa muito antes. Mas quando precisei, a Profª Sandra e o Prof. Alan me deram todo suporte e o coordenador do meu curso, Prof. Mário, também! Ele tem me apoiado em todos os momentos.

Além das alunas que embarcam ainda este semestre ou no início do segundo para fora do País, já estão no exterior os estudantes da Univap: Pedro Luiz Golobovante Loureiro (Engenharia Aeronáutica e Espaço), na Universitat de Barcelona (Espanha); Fabiana Aparecida Souza e Silva (Engenharia Ambiental), Universidade de Aveiro (Portugal); Clarissa Resende Grassi de Lima (Farmácia) University of East London (Londres) e Geisa Nogueira Salles (Biomedicina), University of Ulster (Irlanda do Norte).

 

<< Voltar