180ª Edição - Ano V
De 29 de outubro a 11 de novembro/2012
 

 
Encontros de Iniciação Científica na Univap
XVI INIC / XII EPG / VI Inic Júnior


A Univap realizou, dias 25 e 26 de outubro, no Campus Urbanova, em São José dos Campos, com o patrocínio da Caixa Econômica Federal, os Encontros Latino-Americanos de Iniciação Científica de Graduação, Pós-Graduação, Júnior e do Programa de Bolsa Iniciação à Docência (XVI INIC, XII EPG, VI INIC- Júnior e II INID).
“Ciências sem Fronteiras - Os Desafios para o Século XXI”, foi o tema assumido pela Universidade em função do Programa de nome similar e ao mesmo tempo para prestar homenagem às instituições de fomento à pesquisa do país.

Cerimônia de abertura
 
Vista parcial do auditório do Ceplade, Campus
Urbanova

O Programa Ciências Sem Fronteiras, sob a coordenação do CNPq (Conselho Nacional de Pesquisa) e da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), objetiva “promover a consolidação, expansão e internacionalização da ciência e tecnologia, da inovação e da competitividade brasileira por meio do intercâmbio e da mobilidade internacional”.
Estiveram presentes na solenidade de abertura, no Centro de Planejamento e Desenvolvimento da Educação (Ceplade), Campus Urbanova, o Diretor da Faculdade de Direito, Prof. Dr. Sérgio Reginaldo Bacha; a Coordenadora Geral dos Encontros, Profª Drª Sandra Maria Fonseca da Costa; a Diretora da Faculdade de Ciências de Saúde, Profª Emília Ângela Lo Schiavo Arisawa; o Reitor da Univap, Prof. Dr. Jair Candido de Melo; o Diretor da Faculdade de Educação e Artes, Prof. Dr. Milton Beltrame Júnior; e o Diretor da Faculdade de Engenharias, Arquitetura e Urbanismo, Prof. Dr. Eduardo Jorge de Brito Bastos (foto).

Apresentação de Trabalhos em Painéis
 
Vista Parcial do Pavilhão de Eventos
 
Atendimento na Secretaria Geral

O Professor Titular da Faculdade de Medicina de São Paulo (USP), Dr. Paulo Hilário Nascimento Saldiva, foi o palestrante convidado para a solenidade de abertura. Formado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (1977), doutorado (1983), Livre-Docente (1986) e Professor Titular do Departamento de Patologia da Faculdade de Medicina da USP (1996), suas linhas de pesquisa são nas áreas da Saúde Humana, Poluição Atmosférica e Patologia Pulmonar.

Dr. Paulo Hilário Nascimento Saldiva
 
A ênfase da palestra foi sobre a questão da iniciação científica na formação de profissionais e pesquisadores, principalmente no Brasil. Citou a forma linear dos currículos das universidades brasileiras, e da importância do Programa Sem Fronteiras, do governo federal. Neste último assunto, o Prof. Saldiva, respondendo aos questionamentos dos alunos presentes à cerimônia a respeito dos critérios de seleção, fez algumas ressalvas de extrema importância: “O grande problema é que o indivíduo quer ir para fazer turismo e escolhe Universidades em Nice ou Barcelona, por exemplo, que têm ‘balada’ o tempo todo. Não é que ele não tenha o direito de fazer turismo, mas não nesse Programa, com o dinheiro que custa a todos nós e também não com o nome da Faculdade em que ele está indo. O melhor jeito de se evitar isso é ter parceria entre o docente daqui e o de lá. O critério de seleção do Programa vai além da nota, mas eu não colocaria a iniciação científica como um dos critérios de seleção, desejável sim, mas não fundamental, porque o mais importante seria o compromisso, a seriedade e algumas qualidades pessoais, porque o indivíduo pode de fato prejudicar a si mesmo, a universidade e a todos os alunos”.

Patrocinadora Oficial do Evento
 
Abertura do Pibid
 
Apresentação de um dos projetos do
Pibid

Os Encontros de Iniciação Científica da Univap abrem espaço para discussão da produção realizada por alunos da Universidade e de outras instituições. Possibilita maior interação, troca de experiências e avanços de vários estudos e perspectivas.
As ininterruptas realizações dos eventos também abrem espaços aos congressistas para que proponham temas de pesquisas instigantes, visionárias, novas dimensões de investigação e de análises, para os diferentes campos do conhecimento, a fim de estimular a criatividade na pesquisa.
Pelo segundo ano consecutivo, a Universidade estimulou a participação de Instituições de Ensino Superior promotoras de projetos do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid) para que pudessem apresentar suas experiências, ações e resultados já atingidos em seus espaços acadêmicos.
O Pibid conta com o apoio do Ministério de Educação por intermédio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).
Os cinco melhores trabalhos de cada área receberam o certificado de premiação e brindes. Aqueles com a certificação de Honra ao Mérito receberam como prêmio Notebooks.

Melhores Trabalhos Selecionados pelo Comitê Científico

 

<< Voltar