32ª Edição - Ano I
De 16 a 22 de fevereiro/2009
 
 

  Reunião define regras para estágio em jornalismo

 
 
Representantes do Sindicato dos Jornalistas – Regional Vale do Paraíba, Litoral Norte e Serra da Mantiqueira; do CIEE (Centro de Integração Empresa Escola); dos cursos de jornalismo e das empresas jornalísticas da região reuniram-se na segunda-feira (16/2), em Taubaté, para definir ações relativas ao estágio acadêmico de jornalismo.
Participaram da reunião: os diretores da regional, André Freire e Edvaldo de Almeida; os representantes do CIEE, Bruno Camargo, Priscila Dalmas e Vanderléia Ronconi; pelos cursos de jornalismo: Veriano Takuji Miura e Vânia Braz de Oliveira, da Univap, Bianca G. de Freitas, da Fatea, Viviane F. Veloso, da Unitau e, pelas empresas: a jornalista Simone Menocchi (TV Band Vale Taubaté), o jornalista
 
 
Hélcio Costa (Jornal Valeparaibano) e um representante da TV Canção Nova.
Entre as medidas discutidas, ficou estabelecida uma troca de relatórios, entre as empresas e as faculdades, do desempenho do estagiário de jornalismo no ambiente profissional e acadêmico. Segundo André Freire, esse diálogo fortalecerá a formação global do futuro jornalista.
Outro ponto acordado é que o CIEE e as empresas seguiriam as regras do estágio acadêmico estabelecidas pela Fenaj. Nesse sentido, o CIEE colocará a regulamentação em seu banco de dados, para orientar as empresas sobre o estágio em jornalismo. Essa ação deverá inibir práticas cometidas frequentemente em esferas do Poder Público, por exemplo, que colocam estagiários de jornalismo em áreas completamente distintas da formação original, sem a supervisão de um jornalista formado.
"A reunião foi importante para "travar" um diálogo entre o sindicato, os veículos e instituições, pois somos dependentes. O mercado necessita de novos profissionais e nós um feedback deles para, sempre que possível, estruturar melhor a grande curricular do curso e formar melhores profissionais”, enfatiza a Profª MSc. Vânia Braz.
Periodicamente, o CIEE fornecerá ao Sindicato a relação de empresas e estagiários contratados, para averiguação. Tal medida também poderá estreitar as ações conjuntas da entidade com os cursos de jornalismo, para aperfeiçoar o aprendizado nas redações e nas salas de aula. O grupo terá um prazo de seis meses para colocar em prática essa pauta integrada e uma nova avaliação será feita em reunião a ser agendada nesse período.

Fonte: Sindicato dos Jornalistas Profissionais de São Paulo/Regional Vale do Paraíba

   
 

<< Voltar