Matemática

  • O projeto PIBID-UNIVAP está em execução desde 2010, (Edital Nº 018/2010/CAPES, Projeto Aprovado nº 2333/2010). O projeto é composto atualmente de seis subprojetos, entre os quais um é a Matemática. O PIBID-Matemática propõe uma metodologia de ensino de conteúdos de Matemática baseada principalmente na realização de oficinas práticas com alunos do ensino médio. Por meio do projeto, os alunos de licenciatura participantes, investigam, desenvolvem e aplicam estratégias e ações pedagógicas inovadoras.

    A equipe do subprojeto é composta por cinco bolsistas de iniciação à docência, licenciandos da Faculdade de Educação e Artes (FEA) da UNIVAP e um professore-supervisor da escola estadual do município de São José dos Campos, SP: E. E. Maria Luiza. Cerca de 30 alunos do ensino médio participam das oficinas e atividades práticas propostas. 
  • Equipe do subprojeto
  • Coordenadora:
    Prof. Dra. Priscila Freitas Lemes

    Supervisor:
    Prof. Matheus de Matos Soares

    Alunos Bolsistas:
    Alex M. Pereira
    Eduardo C. Branco
    Enoque B. da Silva
    Francele Silva
    Idebil A. C. Freitas
  • Produções didático-pedagógicas
  • Área de Concentração:
    Geometria Espacial: O tema Geometria Espacial foi o escolhido para ser trabalhado com mais ênfase no ano de 2015. Com base em relatos de professores do Ensino Médio, escolhemos esta área de concentração, por acreditarmos, que usando métodos não convencionais de ensino podemos ajudar os alunos a visualizar melhor os entes geométricos e assim poder relacionar com o seu dia-a-dia. Acreditamos ainda, no que disse Jacques Bernoulli (1654-1705): “A Geometria faz com que possamos adquirir o hábito de raciocinar, e esse hábito pode ser empregado, então, na pesquisa da verdade e ajudar-nos na vida.".

    Objetivos:
    • Promover aos licenciandos o aprofundamento da reflexão sobre a prática acadêmica, reconhecendo possibilidades de ações, tendo o cotidiano escolar como referência;

    • Contribuir para a construção de propostas pedagógicas significativas dentro das aulas de Educação Física que contribuam para o conhecimento crítico e adesão dessas práticas, com finalidades de Educação, Lazer e Saúde.

    • E, como objetivo específico, apresentar aos alunos bolsistas um trabalho pautado teoricamente, aplicado em sala de aula e, em relação aos alunos da Escola Maria Luiza, desenvolver uma sequência de atividades que os auxiliasse em uma dificuldade real de aprendizagem de Matemática e ao mesmo tempo, os incentivasse em relação ao estudo de conteúdos matemáticos, pautada no significado dos conceitos envolvidos e na interdisciplinaridade.

    Desenvolvimento:
    • Reuniões entre coordenadores, supervisores e bolsistas para a socialização das informações sobre o funcionamento do projeto e planejamento de coleta de dados para pesquisa;

    • Produção de materiais curriculares relacionados com os temas de ensino: geometria espacial; considerando o Projeto Pedagógico das escolas, o planejamento dos professores, os materiais e literatura específica para a abordagem das práticas, e as dificuldades apontadas pelos professores;

    • Aplicação e avaliação das sequências pedagógicas e instrumento avaliativo a partir de uma análise da realidade dos alunos e suas condições de aprendizagem;

    • Análise dos dados obtidos;

    • Submissão de trabalhos para publicação em Congressos específicos;

    • Elaboração de relatórios parciais e relatório final.