O que é o CEHVAP?

  • Ao longo da trajetória de uma universidade é produzida grande quantidade de documentos fundamentais e de extrema importância para o seu funcionamento, para a sua administração e para a sua memória. Nesse sentido, muitos registros são provas e testemunhos do caminho percorrido. Dessa forma, esse conhecimento ajuda na construção de uma identidade e define o papel da instituição. Mas os registros e informações encontrados em vários departamentos precisam ser reunidos, armazenados e organizados de forma correta num acervo com a finalidade de estarem à disposição para consulta, pois revelam mais que simples atividades cotidianas, retratam a dinâmica de uma época, de uma sociedade a qual a instituição está inserida. 

    Reconhecendo o valor da preservação da memória histórica para a construção de identidades relacionadas a trajetória da Universidade do Vale do Paraíba, as professoras Maria Aparecida Papali e Valéria Zanetti, ambas docentes da Faculdade de Educação e Artes da UNIVAP e pesquisadoras do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento (IP&D), elaboraram um projeto de criação de um Centro de Memória Institucional, denominado Centro de História e Memória da UNIVAP (CEHVAP). O projeto foi apresentado ao Conselho de Integração Universidade Sociedade (CIUS) da UNIVAP e aprovado no dia 17 de junho de 2011.

    O CEHVAP começou suas atividades em agosto de 2011, sob a coordenação das professoras Dr.ª Maria Aparecida Papali e Dr.ª Valéria Zanetti. O projeto funcionou provisoriamente no Laboratório de Pesquisa e Documentação Histórica, no IP&D, até que fosse realizada a estruturação física de um novo espaço no Bloco 05 no Campus Urbanova, onde atualmente encontra-se em funcionamento o Centro de História e Memória da UNIVAP/FVE (CEHVAP), como passou a ser chamado.

    O CEHVAP tem como uma de suas premissas a gestão documental e a reconstrução do processo histórico da criação da FVE (Fundação Valeparaibana de Ensino) e da Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP), sua mantida. Tem-se como objetivo as transformações ocorridas ao longo de seu trajeto, como o surgimento das faculdades e o reconhecimento pelo Ministério da Educação (Portaria n° 510 de 1º de abril de 1992), bem como o status de universidade . Por fim, é do interesse do CEHVAP rastrear a documentação produzida ao longo de sua história e recolher memórias de pessoas envolvidas com essa história. A partir da conservação da memória institucional há a possibilidade de contextualizar vivências e trajetórias. Essa história é permitida por meio de documentos produzidos pela instituição e pelas memórias, recolhidas oralmente. 

    Para preservar a memória e a história da Universidade, o CEHVAP tem a responsabilidade de constituir acervos documentais da instituição, tais como: documentação de cursos e setores administrativos, depoimentos orais de funcionários, alunos e ex-alunos e documentação iconográfica e de imprensa. O Centro busca guardar e preservar continuamente toda documentação que conta a história da UNIVAP e dessa forma, fortalecer a identidade, a cultura organizacional e o sentimento de pertencimento dos seus funcionários e colaboradores. Ao público externo visa propiciar o conhecimento da trajetória institucional.
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •