Projetos de PD&I

  • Vitrificação de Cinzas resultantes de Planta de Incineração de Resíduos Sólidos
  • Área de Concentração: Energia e Plasma (Energia Elétrica/Eletrônica e Engenharia Ambiental e Sanitária.

    Coordenador: Homero Maciel Santiago; Prof. Dr.

    Colaboradores: Lúcia Vieira Santos, Profa. Dra, Rodrigo Sávio Pessoa, Prof. Dr., Eduardo Jorge de Brito Bastos, Prof. Dr.

    Atento à tendência de aumento do uso de incineradores de resíduos sólidos no Brasil, o projeto foi idealizado para evitar que cinzas resultantes de plantas de incineração de resíduos, contendo substâncias altamente tóxicas e danosas à saúde, sejam inadequadamente dispostas gerando perigosos passivos ambientais. Os processos de incineração de resíduos geram cinzas de fundo e cinzas volantes. Estas últimas concentram a maior parte dos metais pesados, dioxinas e furanos e outros compostos tóxicos que conferem o caráter de resíduo perigoso. Para sua reciclagem é necessário um desejável um processo para encapsulamento permanente destes metais, bem como a destruição dos compostos orgânicos nocivos. Sendo assim, o objetivo do projeto é desenvolver um reator piloto para a vitrificação de cinzas volantes perigosas resultantes de plantas de incineração, com capacidade para a vitrificação de 150 kg cinzas/h, sendo de 50 kg/h no período experimental, empregando plasma térmico.