Histórico

  • O Parque Tecnológico Univap é uma unidade estratégica de negócios da Fundação Valeparaibana de Ensino (FVE), fundação comunitária de direito público privado e mantenedora do parque, sediada na cidade de São José dos Campos/SP. O edifício sede do Parque, com área construída de 19 mil m², foi inaugurado em abril de 2005.

    O edifício do Parque Tecnológico possui área total dos módulos de 9.362,27 m² (51 Módulos, 3 Escritórios). Além desses módulos, faz parte da área do Parque um galpão de 2 mil m². Estão previstos no projeto a instalação de Salas Limpas, Laboratório de PD&I e novos Espaços Empresariais. Além dos recursos financeiros, essa movimentação de pessoas, empresas e recursos no âmbito do Parque geram um efeito de aglutinação de atividades voltadas ao desenvolvimento científico e tecnológico, bem como ganhos sociais, intelectuais e outros intangíveis para o Sistema Ensino da FVE.
     
    O Parque Tecnológico Univap tem como foco principal desenvolver negócios e projetos de inovação tecnológica com micros, pequenas e médias empresas, preferencialmente nacionais. As empresas instaladas no Parque Tecnológico Univap abrangem as seguintes áreas do conhecimento: Desenvolvimento e Consultoria de Software; Tecnologia da Informação; Engenharia Aeronáutica e Aeroespacial, Automoção e Mecânica; Sistemas de Treinamento presencial e a distância; Engenharia Elétrica/Eletrônica; Sensores para Satélites; Engenharia Consultiva; Diagnóstico Clínico; Engenharia para os segmentos farmacêuticos; e, Engenharia Biomédica.
    O custeio operacional e a sustentabilidade do Parque estão centrados no uso de recursos financeiros próprios ou oriundos da iniciativa privada a partir de parcerias de investimento. Os recursos financeiros oriundos da esfera pública na forma de fomento ou subvenção funcionam apenas como alavancas financeiras contributivas para os novos projetos e programas de cooperação universidade-empresa do Parque. Desta forma, o Parque não utiliza modalidades do tipo contratos de gestão de recursos públicos para suportar o custeio de suas operações.

    A estruturação do planejamento do Parque Tecnológico Univap segue três pilares básicos, que visam maximizar a capacidade de criação e captura de valor desta iniciativa por parte da organização originadora do Parque, a Fundação Valeparaibana de Ensino, a saber: Fit Estratégico (alavancar e criar sinergia), Investimentos em infraestrutura e negócios e Captura de valor. Cada um dos pilares tem por objetivo final a geração de recursos, inclusive financeiro, para o negócio Parque Tecnológico e para o sistema FVE de Ensino, melhorando os indicadores ROE (Return on Equity), ROI (Return on Investment) e Receita.
  • Missão
  • Ser um agente de articulação da estrutura de um ambiente capaz de promover uma interação entre a universidade e as empresas nas ações de pesquisa e desenvolvimento para transferência de tecnologias, criando novos negócios e promovendo o desenvolvimento econômico da comunidade local e regional.
  • Visão
  • O Parque Tecnológico tem como visão ser: um agente de transformação local e regional e nacional; parte da comunidade, um gerador de negócios promissores e oportunidades de investimento; um elemento das atividades da universidade parte de uma rede multidisciplinar de cooperação; e, o foco nas necessidades e anseios de seus clientes.
  • Valores
  • Os valores do Parque Tecnológico são baseados em três pilares básicos, que visam maximizar a capacidade de criação e captura de valor desta iniciativa por parte da organização originadora do Parque, a Fundação Valeparaibana de Ensino, a saber: Fit Estratégico (alavancar e criar sinergia), Investimentos em infraestrutura e negócios e Captura de valor. Cada um dos pilares tem por objetivo final a geração de recursos, inclusive financeiro, para o negócio Parque Tecnológico e para o sistema FVE de Ensino, melhorando os indicadores ROE (Return on Equity), ROI (Return on Investment) e Receita.